segunda-feira, 13 de setembro de 2010

PROJETOS TAL E FACE

Os projetos FACE e TAL foram destaque na instituição, no que diz respeito à organização e compromisso da Direção, Alunos e Professores envolvidos no evento.

Dicas de Links

Portal do Servidor

DICAS DE LINKS

NTE ALAGOINHAS

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA ESCOLA

O corpo administrativo do Colégio Estadual Polivalente de Alagoinhas, DIREC 03 – Alagoinhas-Ba é composto por 01 diretora, 03 vice-diretores (01 por turno), 01 secretária e, recentemente, um coordenador pedagógico(o qual atua em sistema de rodízio com mais duas escolas). A escola possui 61 professores licenciados, mais da metade pós-graduados, e 21 profissionais que compõem o quadro de pessoal administrativo e de apoio.

A gestão atual tem seu mandato temporal definido por 03 anos, atuando desde janeiro de 2009, quando assumiu após eleição direta para diretor, contemplando a modalidade historicamente considerada mais democrática pelos movimentos sociais, inclusive dos trabalhadores da educação. Todas têm cerca de duas décadas em plena atividade e serviços prestados ao setor educacional. A diretora Glória Cristina Lima Nascimento da Mata, graduação em Matemática e especialização em Orientação Educacional e Matemática e suas Tecnologias; Tereza Cristina Brito Xavier de Jesus (vice-diretora do matutino), graduação em Letras com habilitação em Língua Estrangeira e especialização em Texto e Gramática; Rosana Santana Santos (vice-diretora do vespertino), graduação em História e especialização em Orientação Educacional e Andréa Oliveira de Souza Torres (vice-diretora do noturno) graduação em Letras com Habilitação em Língua Inglesa. A maioria com experiência em gestão escolar e ainda exercendo a função de regência de classe no turno oposto no caso de complementação de carga horária.

PERFIL DOS ESTUDANTES

A clientela é composta em sua maioria por adolescentes e no turno noturno por adultos trabalhadores, sendo muitos destes oriundos do mercado informal. Este contingente atendido pela Unidade de Ensino é proveniente de bairros periféricos e circunvizinhos, com origem de família com baixo nível socioeconômico e dificuldades de aprendizagem. Muitos destes também têm freqüência irregular e apresentam defasagem na idade/série devido à necessidade de logo cedo ingressar no mercado de trabalho, ainda que informal, como garantia de sua sobrevivência e, sobretudo, de seus familiares.

PERFIL DA COMUNIDADE DE ENTORNO

A comunidade inserida no contexto escolar, de acordo com o nível socioeconômico, pertence às camadas média e baixa – característica inerente à sua localização. É um bairro residencial com poucas casas comerciais em sua proximidade, a não ser bares. Suas condições de iluminação precisam melhorar, mas é bem servida de transporte e saneamento básico, com ruas calçadas e/ou asfaltadas, num local de fácil e rápido acesso ao centro da cidade. Como única oportunidade de lazer local, as associações de bairro existentes no entorno utilizam a quadra poli-esportiva da escola para treinos diários e torneios de futebol. A comunidade também conta com o auditório para outras atividades - tudo com autorização prévia, conforme cronograma pré-estabelecido e regulamentado pela direção. As condições de segurança da circunvizinhança, bem como da própria escola, é praticamente inexistente, dependente dos órgãos governamentais competentes para tomada de medidas e ajustes emergentes de ordem local e nacional. A ronda de policiais é esporádica, apesar das condições de periculosidade da localidade.

Apesar da solidariedade que lhe é característica pela atenção aos estudantes e alerta a situações adversas, a comunidade ainda deixa a desejar no que diz respeito à participação ativa e dialética com o trabalho pedagógico desenvolvido pela escola.

ESTRUTURA FÍSICA DA ESCOLA

A escola é de grande porte, funciona nos três turnos com 16 salas de aula por turno e um anexo em Boa União – distrito de Alagoinhas, funcionando no prédio da Escola D. Avelar, Rua Capelinha, com 05 salas, perfazendo o total de 1.864 estudantes – dados referentes até o momento da construção do presente documento, ano 2010. Sua estrutura física é composta de 16 salas de aula, 01 biblioteca, 01 auditório com capacidade para 200 pessoas, 03 laboratórios, sendo 02 de informática e 01 de Ciências, 01 cantina, banheiros separados por sexo para alunos e professores, área livre para recreação sendo 01 interna coberta e 01 externa contendo uma quadra poliesportiva aberta, almoxarifados, área administrativa composta por uma diretoria, 01 vice-diretoria, 01 secretaria, 01 sala de coordenação, 01 sala de professores, 01 almoxarifado, 01 sala de arquivo ativo e 01 inativo, e 01 sala de mecanografia.

Os espaços de circulação são satisfatórios, contemplando ação prevista no PDE do colégio no que diz respeito à acessibilidade, uma vez construídas rampas, barras de segurança e vasos sanitários adequados aos portadores de necessidades especiais. Algumas melhorias se fazem necessárias a exemplo da biblioteca, banheiros, rede elétrica e de esgoto, auditório e cozinha, bem como da iluminação e ventilação de salas de aula.